Programação

Confira aqui a programação completa da Cinemateca Capitólio Petrobras e navegue pelas seleção de filtros conforme a sala desejada.

Horários: 14:00h
Sala de Cinema

Torre. Um Dia Brilhante

Wieża. Jasny Dzień (R$ 16,00)
um filme de Jagoda Szelc
106 min., 2017, Polônia, DCP
Distribuição: Zeta Filmes

  É início de verão e Nina, a filha de Mula, está prestes a celebrar sua Primeira Comunhão e os parentes começam a chegar. Entre eles, Kaja, irmã de Mula e mãe biológica de Nina, que, por alguma razão, permaneceu ausente nos últimos seis anos. Seu retorno desencadeia as ansiedades de Mula, que passa a […]

leia +
Horários: 15:45h
Sala de Cinema

A Misteriosa Morte de Pérola

R$ 16,00
Brasil, 2014, 72 minutos, DCP
Direção: Guto Parente e Ticiana Augusto Lima
Distribuição: Embaúba Filmes

Um suspense sobre uma jovem estudante que deixa seu país, casa e namorado para estudar arte em uma cidade francesa. Ela mora sozinha em um belo, porém sombrio e antigo apartamento, onde os quadros a encaram e as portas parecem ter vida própria. Ela está solitária, e lentamente perde-se em nostalgia e medo, fundindo sonhos, […]

leia +
Horários: 17:00h
Sala de Cinema

Em Chamas

Beoning (R$ 16,00)
Coréia do Sul, 2018, 148 minutos, DCP
Direção: Lee Chang-Dong
Distribuição: Pandora Filmes

Durante um dia normal de trabalho como entregador, Jong-soo (Yoo Ah-In) reencontra Hae-mi (Jeon Jong-seo), uma antiga amiga que vivia no mesmo bairro que ele. A jovem está com uma viagem marcada para o exterior e pede para Jong-soo cuidar de seu gato de estimação enquanto está longe. Hae-mi volta para casa na companhia de […]

leia +
Horários: 19:30h
Sala de Cinema

Solte a Voz

Ouvrir la voix (R$ 10,00)
2017, 122 minutos
França
Direção: Amandine Gay
HD
* Debate pós-sessão: Representatividade feminina negra: desdobramentos entre África e Brasil
Convidadas: Fernanda Bastos (jornalista, escritora, mestranda em Comunicação e Informação na UFRGS e criadora da editora Figura de Linguaugem), Camila Andrade (pesquisadora/doutoranda em Ciência Política na UFRGS) e Fernanda Carvalho (jornalista da TV Nação Preta e ativista do movimento negro)

24 mulheres de origem africana, 24 vozes de cidadãs, ativistas, engenheiras e pesquisadoras, que falam sobre suas identidades enquanto mulheres negras vivendo na França. O documentário “Solte a voz”, dirigido pela cineasta Amandine Gay, reune depoimentos sobre as interseções entre discriminação, arte, pluralidade de vidas e a necessidade das mulheres negras de se apropriarem das […]

leia +